São Félix do Araguaia: Retrocesso Cultural ou falta de compromisso com o povo?

10/07/2015 08:27

10/07/2015 - São Félix do Araguaia: Retrocesso Cultural ou falta de compromisso com o povo?

Graça Parente solidária com a população, especialmente com a juventude são-felicense se manifesta e expõe sua opinião

 

A insatisfação do povo de São Félix do Araguaia é gritante e notória. Só não ouve e não enxerga quem não quer. Saia por aí e preste atenção, é nos botecos, nas esquinas, nas portas das casas, onde tem um agrupamento de pessoas é fatal. Sempre surge o assunto, “A Temporada de Praia, o Festival Araguaia da Canção”. A insatisfação do povo é cáustica, não perdoa nada! Vai da administração até a estrutura que está sendo montada na Praia do Morro para a Temporada de 2015:

 

Que a administração municipal não cumpre e nem tem nenhum compromisso com o povo, especialmente com aqueles eleitores que votaram acreditando que este governo municipal seria o melhor de todos os tempos.

 

Que a estrutura da praia está muito aquém dos anos anteriores. A começar pelo palco. Que isto é uma falta de respeito com o povo e com o turista que está acostumado a vir para cá e ser recebido à altura, onde um ano é sempre melhor que o passado.

 

Que a não realização do Festival Araguaia da Canção é desmoralizante e vergonhoso para a própria população, uma vez que isto é de um retrocesso cultural inominável, talvez sem retorno. Pois toda cultura que é arrancada de um povo, prejudica este povo, e o seu resgate é de difícil recuperação. É como tentar apagar a história com um simples passar de borracha.

 

E as desculpas? São as mais variadas! Sem entrar no mérito, atento-me apenas ao Festival Araguaia da Canção. Segundo os comentários esta situação é por falta de patrocínio e contenção de gastos. E a população se pergunta será? Que gasto? É falta de patrocínio ou de gestão e planejamento? Afinal, bem diz um dito popular: “quem não pode com o pote, não pega na rudia”.

 

O povo não se esquece de, e com razão das promessas de campanha, tanto do gestor como daqueles que o apoiaram e que usaram do palanque para criticar com ênfase o descaso da administração daquela época, para com o Festival Araguaia da Canção. A população ouviu e acreditou especialmente a juventude, que pode até não participar, mas está atenta aos movimentos e ações da administração municipal.

 

Aproximadamente há 25 anos foi criado o Festival Araguaia da Canção, com a finalidade de levar até a população uma forma de lazer cultural que buscasse sua atenção e participação.

 

 Infelizmente temos que concordar com a insatisfação que hoje tange nossa gente. E o que percebemos agora é que o nosso povo está aprendendo a partir da critica a participar do governo. Não é só votar, cruzar os braços e deixar o tempo passar. Vamos criticar sim! Vivemos num país democrático, onde a liberdade de expressão é respeitada. Porém, é de bom tom como cidadãos são-felicenses, participarmos mais atentamente da administração municipal, observarmos as ações de governo durante os quatro anos de mandato. Desta forma logo saberemos: cobrar os Planos de Governos escolheremos nossos governantes mais criteriosamente. E lembrando que a crítica é a ferramenta mais importante que pode ser usada neste processo.

 

 

 

Graça Parente em 08/07/2015