Calamidade Pública: Médicos de São Félix do Araguaia estão em greve e jovem acidentado é levado urgente para hospital de Água Boa

11/06/2015 16:37

11/06/2015 - Calamidade Pública: Médicos de São Félix do Araguaia estão em greve e jovem acidentado é levado urgente para hospital de Água Boa

Com salários atrasados, os médicos contratados através do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Araguaia (CISA) que prestam serviços no Hospital Regional de São Félix do Araguaia/MT, novamente entram em greve por tempo indeterminado. Parte dos atendimentos está suspensa na unidade, ficando em funcionamento apenas o setor de urgência e emergência. Hoje o consórcio é gerido pelo município de São Félix do Araguaia, atende pacientes das cidades de Alto Boa Vista, Luciara e São Félix do Araguaia. O Consórcio é presidido pelo prefeito de São Félix do Araguaia José Antonio de Almeida (Baú).


Esse foi o motivo que levou o jovem Jeferson de 19 anos, com fratura exposta na perna esquerda, ser removido para o hospital da cidade Água Boa em um veículo S10, após sofrer um acidente de moto na noite do dia 09 de junho de 2015.

Para a família e amigos de Jeferson, foi um momento de muita angustia e desespero de ver um ser humano no estado delicado de saúde sendo encaminhado num veiculo impróprio para outra cidade por falta de recurso na área de saúde local e classifica o fato precário que a sociedade deste município está vivenciando.

 

A população de São Félix do Araguaia e as cidades que dependem do CISA estão refém da irresponsabilidade de alguns prefeitos que esquecem que governar são apenas quatro anos ou se manter a decisão de Brasília cinco anos. A população não pode ficar de braços cruzado e denunciar ao Ministério Público essa calamidade Pública que vem acontecendo na cidade de São Félix do Araguaia, alto Boa Vista e Luciara que são as cidades hoje que fazem parte do CISA, as outras que não pagam, mas utilizam como a cidade de Novo Santo Antonio, abandonou o CISA, deixando divida e apesar de não pagar continua enviando pacientes para serem atendidos pelos médicos do hospital regional, uma irresponsabilidade do atual gestor para com a população, pois o Hospital de São Félix do Araguaia acaba recebendo os moradores no caso de emergência para não deixar morrer a mercê.

 

Chegou o momento de a população fazer valer os seus direitos, unir em prol da saúde, lutar pelos seus direitos e convocar o poder legislativo que para dar um suporte de fiscalização e solução de devidos problemas que está afligindo a população de São Félix do Araguaia e região.

 

Familiares e amigos do jovem Jeferson estão orando com muita fé em Deus e torcendo pela sua recuperação do mesmo.


 

 

Ida Aguiar/O Repórter do Araguaia