MP recomenda e Assembleia suspende pagamento de URV a 600 servidores

15/06/2015 11:02

 

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa decidiu suspender o pagamento da Unidade Real de Valor (URV) de servidores ativos, inativos e pensionistas do Legislativo que conseguiram esse direito na Justiça.

A suspensão ocorreu em função do Ministério Público Estadual (MPE) ter encaminhado documento à Assembleia Legislativa no fim do mês passado, dizendo que suspeita de irregularidades na definição dos valores.

“Fizemos a suspensão do pagamento e não o cancelamento devido à recomendação do Ministério Público. A Mesa Diretora entendeu que devemos fazer a suspensão e pedir uma auditoria ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), que deve encaminhar uma equipe para auditar esses valores”, afirmou o presidente da Assembleia, Guilherme Maluf (PSDB).  

A URV era o índice monetário utilizado na transição do Cruzeiro Real para o Real, com o objetivo de seguir a variação do poder aquisitivo enquanto era implantada a nova moeda. A revisão da URV envolve todos os benefícios concedidos de 1994 a 1997, e o percentual é de 11,98%.

A Mesa Diretora informou que os recursos para o pagamento da URV continuarão sendo garantidos e que após o resultado da auditoria, saneados eventuais irregularidades, o pagamento do benefício será reativado.  

Kleverson Souza
DE CUIABÁ