Taques deve jantar com Aécio, Serra e FHC em Brasília para discutir filiação ao PSDB

11/06/2015 00:16
Taques deve jantar com Aécio, Serra e FHC em Brasília para discutir filiação ao PSDB
O governador Pedro Taques (PDT) participa de um jantar na casa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) na noite desta quarta-feira (10), em Brasília. Outros tucanos ilustres devem estar presentes no encontro, como o ex-ministro José Serra e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O presidente do PSDB em Mato Grosso, o deputado federal Nilson Leitão, também participa da reunião.


Oficialmente, Taques foi à capital federal para participar do Seminário Internacional de Direito Administrativo e Administração Pública. Porém, ele tem aproveitado esses momentos para articular sua nova filiação. O convite para aderir ao PSDB deve estar entre os assuntos a serem discutidos no jantar. Desde os tempos de senador, Taques tem demonstrado afinidade com os tucanos, tem bom relacionamento com Aécio e até mesmo foi a evento que homenageou FHC em Nova York.

Além do PSDB, Taques analisa o convite do PSB do aliado Mauro Mendes. Nessa viagem a Brasília, ele conversou rapidamente com o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), durante o seminário. Ele tem mantido contato também com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), por telefone.

O governador já confirmou à imprensa que deixará o PDT, agora que o Supremo Tribunal Federal (STF) deu segurança jurídica para que os detentores de cargos majoritários mudem de sigla sem perder o mandato. “[A saída do PDT] é uma questão sem volta. Mas tenho tempo para escolher [qual partido filiar]. Não há motivo para antecipar nada”,  disse Taques há uma semana. 
Da Redação - Laíse Lucatelli